A tomada de decisão na gestão da saúde: entenda o impacto da análise de dados

A tomada de decisão na gestão da saúde: entenda o impacto da análise de dados

Os avanços tecnológicos, em especial aqueles relacionados à transformação digital, estão permitindo às empresas melhorar muito os seus processos de tomada de decisão. E isso não é diferente no segmento de saúde.Há uma série de soluções computacionais que viabilizam a análise de dados de um modo mais eficiente e simplificado, trazendo diversos benefícios tanto em relação aos cuidados médicos, quanto para as instituições envolvidas.Neste artigo, você poderá entender melhor quais são e como funcionam essas ferramentas, além de conhecer algumas oportunidades que esse tipo de sistema de análise oferece. Acompanhe!

Powered by Rock Convert

Como a análise de dados pode transformar a tomada de decisão?

Independentemente do setor de atuação, os empreendedores e executivos de negócios sempre estiveram envolvidos em questões que demandam a tomada de decisão. Antigamente, isso era feito praticamente com base apenas nas experiências anteriores ou com o chamado feeling. Com o passar do tempo, ficou claro que analisar dados para criar cenários e fazer projeções era uma estratégia que melhorava esse processo.No entanto, a coleta e armazenagem dessas informações não eram triviais. Muitas vezes, mesmo reconhecendo a importância, as pessoas subutilizavam ou mesmo descartavam essa lógica, já que era muito difícil acessar e organizar esses números, transformando-os em algo inteligível.Na medida em que as tecnologias computacionais foram evoluindo, esse processo se tornou mais simples e orgânico. Especialmente no segmento da saúde que, até então, investia muito pouco em gestão.Hoje é possível armazenar os dados quase que instantaneamente no momento em que são gerados, pois grande parte das rotinas já acontece utilizando esses sistemas, de forma integrada. É possível contar com as fontes internas, mas buscar também informações externas de concorrentes para comparação.O Big Data, que é como chamamos essa enorme quantidade de dados que temos à disposição, tornou-se um recurso poderoso. Afinal, a forma mais eficiente de prosperar, é definindo exatamente para onde está indo e quais são os esforços necessários para concluir a jornada.E é exatamente essa a função da análise de dados. Viabilizar uma abordagem estratégica, por meio de uma visão ampla do negócio. Para conseguir isso, os dados podem ser processados e, a partir deles, definir os benchmarks e as metas que devem ser alcançadas em certo período.Assim, é possível identificar as vantagens competitivas, utilizando uma análise de pontos fortes e fracos de sua capacidade, fazer um diagnóstico daquilo que precisa ser melhorado para atender as demandas dos clientes, avaliar o modo como os recursos disponíveis estão sendo empregados no dia a dia e fazer escolhas com maior probabilidade de acerto.

Como a gestão da saúde está mudando?

As possibilidades oferecidas pela análise de dados têm feito com que novas maneiras de executar a gestão na saúde sejam observadas no setor. Por exemplo, por meio da identificação de tendências a partir do estudo de dados de determinada população, os hospitais podem preparar melhor suas estruturas para o atendimento de demandas que surgem.As operadoras de planos de saúde conseguem atuar não apenas em termos reativos, mas investindo em prevenção e promoção da saúde, o que melhora suas margens operacionais, inclusive no que diz respeito à avaliação dos pedidos.Uma instituição que não conta com os dados para fazer a comparação, tende a avaliar de forma mais morosa e superficial. Já as que atuam com decisões baseadas em dados, podem agilizar todo o processo, além de aumentarem o grau de eficiência. Ganham os pacientes, que podem ver suas expectativas serem atendidas mais rapidamente, os médicos que produzem diagnósticos mais precisos e as operadoras de planos de saúde, que conseguem reduzir seus custos, além de aumentar suas margens sem prejuízo à qualidade e a satisfação de seus usuários.O uso deste tipo de solução já está fazendo parte do trabalho de todos os profissionais da área, não apenas dos gestores, mas de médicos e corpo de apoio. Antes, quando era o caso, havia um departamento específico para lidar com tecnologia. Mas agora, esses sistemas são interligados e substituem os protocolos em papel e as planilhas desorganizadas. Ou seja, ao mesmo tempo em que facilitam as tarefas, as informações de interesse já são compiladas.Existem diversas outras aplicações da tecnologia no ramo da saúde. Vão desde a Realidade Aumentada até a Inteligência Artificial, que estão modificando o modo como os médicos são treinados e melhorando as metodologias de reabilitação, passando pelo uso de robótica e videoconferência em cirurgias e questões mais complexas, como os avanços na genética.

Quais são as ferramentas indispensáveis?

Para conseguir aproveitar todos esses benefícios, é necessário investir. Porém, não adianta simplesmente sair gastando dinheiro e comprando as tecnologias sem critério. É preciso fazê-lo de acordo com as necessidades e prezando pelo valor gerado por cada solução.Há diversas oportunidades que podem ser aproveitadas no que diz respeito à melhoria da promoção de saúde e para a racionalização dos gastos. Contudo, para tanto, é preciso buscar as ferramentas que realmente podem fazer a diferença.Em especial, aquelas que permitem a utilização dos prontuários eletrônicos e a digitalização das informações médicas. Elas são a porta de entrada para um sistema de tomada de decisão baseado em dados. Hoje, existem softwares capazes de armazenar e registrar todo o histórico médico de um paciente. Além disso, para gerenciar as questões administrativas, como suprimentos, finanças e recursos humanos.Uma vez esses sistemas estão implantados, é interessante buscar uma solução de Analytics, que viabilize a compilação e integração desses dados, transformando números isolados em informações relevantes na forma de gráficos e relatórios que facilitam o entendimento e, consequentemente, a análise do que deve ser feito.

Como a hCentrix pode ajudar?

A hCentrix é uma Health Tech focada em entregar informações para decisões com maior grau de confiabilidade. Nosso foco está em impulsionar à gestão de saúde populacional para o cenário da inteligência artificial, trazendo resultados rápidos sem prejuízo às rotinas de nossos clientes.Atuamos como um catalisador da transformação em diversas empresas do segmento, oferecendo soluções inovadoras e de alto impacto. Nosso sistema, o Assist-SDA é uma plataforma especialista que pode ser utilizada por operadoras de saúde na identificação dos riscos envolvidos em certos eventos relacionados a um indivíduo.Assim, é possível importar bases de dados completas, não apenas do paciente, mas de toda a operadora. Isso permite que as informações necessárias estejam disponíveis no momento da autorização de um procedimento, auxiliando no processo de auditoria médica. Além de escolhas melhores, há a redução dos custos e um direcionamento mais correto aos pacientes.Ao utilizar o sistema da hCentrix, sua instituição não somente ganhará poder de tomada de decisão, como migrará do modelo reativo, que é o mais comum no Brasil, em que as instituições são passivas na avaliação das demandas, e passará adotar uma forma mais proativa, conseguindo gerenciar seus usuários com excelência.Gostou de conhecer este assunto? Então, entre em contato conosco e saiba mais!

Deixe uma resposta