Transformação digital na saúde: o que está disponível para gestores?

Transformação digital na saúde: o que está disponível para gestores?

Aprender um pouco mais sobre a transformação digital na saúde é muito importante para que qualquer pessoa entenda melhor as ferramentas e alternativas que estão proporcionando melhores chances de sucesso nas condutas propostas nessa área, especialmente se você é um profissional ou um gestor que atua nesse segmento.O fato é que, por meio de soluções modernas e automatizadas, é possível administrar melhor as instituições do setor, como clínicas, hospitais e consultórios ou, até mesmo, operadoras de planos e ações públicas de prevenção.Tem interesse em entender mais sobre a transformação que está ocorrendo na saúde por conta do desenvolvimento digital? Então confira o conteúdo a seguir e aprenda mais sobre esse tema.

Powered by Rock Convert

Como a transformação digital impacta o setor?

Independentemente da área profissional de uma pessoa, sua vida e sua rotina acabam sendo impactadas, de uma maneira ou de outra, pela transformação digital que a nossa sociedade está sendo imposta nas últimas décadas. Isso é perceptível nos carros e eletrodomésticos que usamos, nos hábitos e, sobretudo, pela presença da internet.No segmento da saúde, a coisa não muda muito de figura. Os próprios pacientes já usam a web e os buscadores para procurar sobre seus sintomas, enquanto os profissionais também se valem de aplicativos sobre dosagens de medicações e diagnósticos. Dessa forma, as operadoras e os planos, naturalmente, também precisam se adaptar.

Por que ficar atento ao uso da tecnologia?

A tecnologia vem aprimorando a eficiência de muitas atividades, como setores contábeis, jurídicos, administrativos ou de marketing. Sendo assim, não dá mais para fechar os olhos diante do que parece ser uma intensa e implacável transformação digital na saúde, sob o risco de acabar desatualizado sobre as novas práticas do setor.Se os robôs cirúrgicos e os softwares independentes de diagnóstico parecem ainda coisas do futuro ou restritas aos maiores centros econômicos do planeta, a análise de dados de big data e o cruzamento de informações epidemiológicas ou financeiras já começam a fazer parte da rotina de qualquer empresa ou instituição que atue no segmento.

Qual o perfil ideal para essa transformação?

Não é difícil perceber que esse cenário é complexo e, para ser compreendido adequadamente como um todo, demanda um perfil específico de gestores, que devem ter algumas características peculiares para implantar essa ideia no lugar onde trabalham. Confira, a seguir, como deve ser esse líder.

Flexível e adaptável

Um gestor que queira atingir todo o potencial da transformação digital na saúde precisa ser flexível e adaptável. Isso não quer dizer que ele deva ser, obrigatoriamente, um especialista em cada nova tecnologia que surge/emerge/está disponível, mas sim que saiba entender e trabalhar com todo o potencial que essa realidade tem para beneficiar a sua organização.É fundamental que os líderes sejam também proativos, até mesmo para responder rapidamente à evolução das necessidades das operadoras, adaptando o modelo de negócio em prol dos beneficiários, que estão cada vez mais informados e exigentes.

Decisivo e diligente

Um bom gestor deve ser também um bom tomador de decisões, pois eles precisam estar aptos a implantar as soluções e novas ideias que possam elevar o desempenho da empresa, minimizar as chances de erros e, até mesmo, desafiar o negócio a atingir um patamar superior ao que estava anteriormente.É preciso reconhecer que os membros da equipe têm o seu próprio espaço, respeitando os limites pessoais de cada um, mas também trabalhar fortemente no sentido de estimular a produtividade e de suprir às expectativas dos beneficiários, que são quem, em última instância, sustentam a instituição.

Aberto a novas ideias

A transformação digital na saúde pede uma verdadeira reinvenção do modelo de negócios das operadoras, dos seus processos e dos seus métodos tradicionais de trabalho. Por isso, é preciso estar aberto a novas ideias, que precisarão cimentar o planejamento detalhado das mudanças e das implementações necessárias.Cabe a cada líder estar atento e trazer essa revolução na área, entendendo como a tecnologia pode proporcionar mudanças positivas para esse ramo tão importante. Para isso, é preciso sinalizar os pontos a melhorar e, da mesma forma, ser receptivo para observar os apontamentos de sua equipe e dos usuários como um todo.

Quais as vantagens da transformação digital na saúde?

Depois de ver a importância da transformação digital na saúde e conhecer as principais características que um gestor da área deve ter para sustentar as necessidades do negócio com eficiência, chegou a hora de entender o que essas tecnologias têm a oferecer às instituições de medicina.Veja, a seguir, os principais benefícios da atuação da transformação digital nos sistemas de saúde!

Autorização mais rápida de exames

Uma das vantagens da transformação digital na saúde é que ela possibilita uma autorização mais rápida de exames. Com a adoção de um bom sistema de gestão, por exemplo, é possível automatizar muitas atividades de análise de informações como perfil de saúde de um paciente ou perfil de um prestador, o que acabará por refletir em processos mais velozes e com menos chances de erros.O histórico dos beneficiários poderá ser disponibilizado digitalmente e trará muito mais agilidade ao atendimento, nas análises e nas prescrições das medicações. Com isso, há mais segurança para trabalhar, com menor probabilidade de falhas em decorrência da falta de informações ou elementos.

Maior precisão nos diagnósticos

A transformação digital na saúde também deve mudar a forma pela qual os diagnósticos são feitos, trazendo cada vez mais precisão. Isso deve ocorrer por conta do uso do big data, que permite a avaliação de um grande volume de elementos, encontrando características comuns em beneficiários, cidades, instituições e assim por diante.Dessa forma, é viável traçar perfis endêmicos e epidemiológicos, com base no perfil dos pacientes e nos sintomas em comum. Com isso, será possível identificar quadros e realizar ações de prevenção e tratamentos com início precoce em quem apresentar essas características.

Melhor gestão de recursos financeiros

A tecnologia também permite uma melhor gestão de recursos financeiros ao aliar o uso de softwares que armazenam grandes volumes de informações com práticas inteligentes de auditoria e avaliação. Dessa maneira, os gestores poderão verificar os medicamentos prescritos, exames solicitados e cada peculiaridade das instituições.É uma forma eficiente de evitar o desperdício clínico, que responde por 15% de todo dinheiro gasto com assistência médica, ou mesmo, comparar e verificar o atendimento e as condutas em quadros similares em outros locais. Isso também torna possível oferecer mais qualidade na atenção a saúde, por observar os locais mais eficientes e com maiores índices de satisfação.Como você pôde ver, a transformação digital na saúde abre uma série de possibilidades, que permitem uma gestão mais eficiente e positiva para todos os envolvidos no segmento. Cabe ao gestor identificar o melhor momento para aplicá-la e conseguir gerenciá-la efetivamente.Gostou de aprender sobre a transformação digital na saúde? Então não deixe de seguir nossos perfis em suas redes sociais. Estamos no Youtube e LinkedIn!

Deixe uma resposta