Como tornar-se um médico auditor estratégico: confira 6 hacks infalíveis

Como tornar-se um médico auditor estratégico: confira 6 hacks infalíveis

Seja qual for o segmento de atuação, as empresas têm se tornado cada vez mais exigentes, sempre em busca de profissionais dinâmicos, produtivos e estratégicos. Afinal, para ser um profissional de sucesso em um mercado altamente concorrido, não basta apenas cumprir os requisitos técnicos. É preciso oferecer mais. 

Nesse sentido, o médico auditor tem um papel importante nas instituições de saúde. Ele é o responsável por fiscalizar o sistema organizacional, controlar a qualidade da assistência prestada e avaliar as despesas de acordo com a disponibilidade de recursos, com o objetivo de evitar abusos e irregularidades.

Dessa forma, a aplicação de diversas técnicas de gestão estratégica permite que o médico auditor direcione esforços e conquiste uma atuação alinhada às suas metas e seus objetivos.

Pensando nisso, separamos 6 características essenciais que tornam as ações do médico mais estratégicas dentro da auditoria, utilizando a tecnologia e suas ferramentas, como a análise de dados, a seu favor, destacando como isso pode mudar a rotina e tornar seu trabalho mais eficiente. Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto!

1. Entenda a importância de sua função e da área de regulação médica

A auditoria é um instrumento de gestão que fortalece o sistema de saúde. Sua função é extremamente importante para a alocação e utilização adequada dos recursos, garantindo o acesso e a qualidade da atenção oferecida aos beneficiários do plano de saúde.

Além disso, por meio dela é possível verificar se as atividades estão de acordo com o planejado e estão seguindo as normas que regulamentam o setor.

O sucesso do profissional, sobretudo se for de um plano de saúde ou hospital, é medido pela habilidade em negociar custos e prevenir glosas. Por isso, ter comprometimento, cumprir os objetivos e as metas estabelecidas, além de respeitar os prazos, são aspectos fundamentais para obter resultados mais estratégicos.

2. Acredite que inovação e tecnologia são aliadas e esteja aberto a novas ideias

Devido à complexidade do setor saúde e aos problemas inerentes do processo assistencial, a tecnologia e a inovação são fatores indispensáveis para auxiliar na gestão.

A tecnologia na saúde permite que o trabalho dos profissionais seja produtivo e assertivo, criando mecanismos de atalho para realizar tarefas de maneira ágil e eficiente. Algumas empresas do ramo, por exemplo, atuam como aliadas no processo de tomada de decisão, com o objetivo de fornecer informações para solucionar os problemas com maior agilidade e confiabilidade, por meio de plataformas especializadas que permitem a identificação de riscos — algo muito útil para os auditores. 

É importante ressaltar que o fator comportamental também pode definir as ações do médico auditor estratégico. Além de ser confiável, responsável e imparcial, o profissional precisa demonstrar engajamento com as causas da empresa e adotar soluções inovadoras para a realização do trabalho.

O profissional engajado com a operadora não só contribui para atingir as metas estabelecidas como também se compromete com os resultados, assume responsabilidades e busca soluções para possíveis adversidades, mostrando, consequentemente, excelência administrativa. 

Diante de tantas mudanças e inovações no mercado, devido à era da informação, o profissional deve estar aberto a novas ideias e aceitar mudanças estratégicas. Para isso, invista na reciclagem diária sobre seus conhecimentos e funções dentro da empresa, além de estar disposto a considerar ideias ou pontos de vista alternativos dos colaboradores.

Receber críticas, ponderações e sugestões e aceitar mudanças contribui para a tomada de decisão e ajuda no controle interno na empresa.

3. Entenda que o poder da informação melhora seu trabalho e mantenha-se atualizado

A informação é uma variável poderosa dentro do ambiente corporativo. Gerir essas informações pode ajudar a organização na projeção e recuperação do negócio, reduzindo custos e tempo e tomando decisões mais seguras e eficientes.

Por isso, tendo em vista a rapidez com que as coisas mudam e a quantidade de informação disponível ao alcance de todos, manter-se preso somente a um conjunto de conhecimentos significa uma atuação obsoleta.

O profissional precisa manter seus dados atualizados e aprender cada vez mais sobre assuntos referentes à sua área profissional. O poder da gestão da informação está no aperfeiçoamento do trabalho e na precisão dos resultados.

Agência Nacional de Saúde Suplementar determina um Rol de Procedimentos para as operadoras de saúde que têm como característica a cobertura obrigatória para procedimentos previstos em contrato, sendo o rol revisto a cada dois anos.

Acontece que os planos de saúde utilizam esse Rol como limitadores de autorização de procedimentos, oferecendo aos assegurados apenas os procedimentos inclusos na lista. Porém, novos procedimentos, tratamentos e medicamentos surgem no mercado diariamente, com êxito, indicações médicas especializadas e novas fórmulas.

Nesse caso, são usadas as Diretrizes de Utilização (DUT) para cobertura de procedimentos na saúde suplementar a fim de nortear tratamentos complexos e de alto custo relacionados ao Rol. As DUTs são normas elaboradas pela ANS que orientam e regulamentam a utilização adequada de procedimentos médicos e exames complementares.

Por isso, estar sempre atento às mudanças dessas normas é essencial e não esquecendo de cumprir os prazos estabelecidos pela ANS, que também podem ocorrer alterações, como por exemplo mudanças durante a pandemia do novo coronavírus. Confira aqui!

4. Conheça o mercado que está inserido

Diante de contextos marcados por incertezas, é preciso ter um entendimento sólido e amplo do cenário no qual está inserido, sobretudo conhecer as normas de auditoria e sua aplicação prática. O médico auditor estratégico precisa trabalhar com a análise contínua para identificar os pontos fortes e fracos da empresa, como também as oportunidades e as ameaças do mercado.

Além disso, é importante explorar as tendências e definir as consequências que elas trazem para a instituição. Outra forma de conhecer bem o mercado no qual está inserido é ampliando o networking. Isso ajuda a encontrar boas oportunidades de negócios e permite a troca de experiências.

Esteja ciente dos abusos e fraudes dentro do mercado em que atua. Infelizmente, abusos e práticas fraudulentas nas instituições de saúde, visando vantagens indevidas para pessoas e empresas, são comuns. Além das grandes perdas financeiras, esses acontecimentos podem provocar consequências mais severas, como um ambiente de desconfiança entre funcionários e a baixa reputação da organização junto aos usuários.

Nesse contexto, o papel de um médico auditor estratégico é fundamental, pois avalia o risco das ocorrências de abusos e fraudes, intervindo na situação junto à gestão interna e apresentando soluções possíveis para o cenário. 

5. Posicione-se como protetor do paciente e do plano de saúde

Na atividade do auditor, o médico é responsável por analisar a conduta dos profissionais que prestam serviços, devendo esta estar pautada nos principais fundamentais da Ética Médica, que oferece segurança e confiabilidade para os seus pacientes.

No entanto, diversos prestadores acabam trazendo riscos e custos desnecessários às operadoras de planos de saúde. Nesse caso, o auditor pode intervir para proteger o paciente ao escolher métodos mais eficientes para a questão. 

6. Destaque-se dentro da equipe

Para os profissionais que queiram se destacar dentro da equipe e ganhar a confiança dos gestores, é importante desenvolver alguns atributos pessoais, como capacidade de superar dificuldades, compromisso com o trabalho, proatividade, capacidade técnica, organização e bom planejamento das ações.

Para o médico auditor, além dessas características, é necessário uma mudança de mindset, deixando de fazer apenas a gestão do acesso à rede prestadora e tendo proatividade para fazer a gestão da jornada do paciente como um todo, identificando os riscos antes de episódios clínicos relevantes e avaliando oportunidade de intervenção.

E, para garantir credibilidade com a equipe, seu trabalho precisa ser desempenhado de forma imparcial, com ética e sensibilidade diante de qualquer situação que possa afetar seu julgamento. Além disso, é necessário estar aberto a desafios e procurar se adaptar às mudanças, encarando-as como oportunidades e não como ameaças.

Destacar-se na equipe e obter reconhecimento pelo trabalho é gratificante e estimula o profissional a melhorar sempre mais.

Por fim, é evidente que a manutenção e o crescimento das instituições de saúde estão diretamente associados à auditoria médica, pois ela garante a qualidade dos processos administrativos e do atendimento prestado aos usuários. Dessa forma, tornar-se um médico auditor estratégico tem por objetivo incentivar os colaboradores a aperfeiçoar práticas e melhorar ações estratégicas.

Gostou do nosso conteúdo sobre como tornar-se um médico auditor estratégico? Então, deixe aqui o seu comentário e compartilhe conosco a sua opinião sobre o assunto!

Deixe uma resposta